[kads group="topo-1"]


O que estou aprendendo na Terra?

O que estou aprendendo na Terra?

Os espíritos orientadores nos lembram, sem a intenção de nos assustar, que todos estamos na fila do desencarne. Em outras palavras, o nosso tempo aqui na Terra está, a cada dia, se tornando menor. Será que estamos pensando nisso? Nem sempre. Será que já fizemos todos os aprendizados que deveríamos? Provavelmente não.

Mas, o que poderia ser foco de nossas ações de reflexão e aprendizado? Vamos a alguns exemplos: estou me tornando mais disciplinado? Estou melhorando minha relação com o meio ambiente, causando menos danos à natureza? Estou conseguindo ver na outra pessoa um espírito igual a mim? Estou conseguindo ser mais paciente com as outras pessoas? Estou me tornando mais consciente da diversidade? Continuo sendo arrogante? Continuo sendo prepotente? Continuo lendo pouco? Continuo me envolvendo pouco em questões sociais e políticas?

Em uma reunião de estudos espíritas um colega perguntou: por que a humanidade evolui tão lentamente? A resposta alcançada pelo grupo foi: porque cada um de nós, individualmente, também evolui segundo o seu possível. Por isso é oportuno avaliarmos se estamos efetivamente trabalhando para nos desenvolvermos nas questões acima, e em outras que certamente poderíamos incluir.

A oportunidade na Terra é muito rica em termos de oportunidade de construção e aprendizado. Cada instante justifica fazermos o melhor nesse sentido. Não há tempo a perder.

Nelson José Wedderhoff

(veja outros conteúdos diversos no novo site da Revista SER Espírita)

Compartilhe:

Sobre o Autor

Nelson José Wedderhoff

Nelson José WedderhoffEngenheiro Eletrônico; Professor Acadêmico na Faculdade Doutor Leocádio José Correia (FALEC); Coordenador de Grupos de Estudos Espíritas; e Conselheiro Editorial da revista SER Espírita.

Todos os Posts de: Nelson José Wedderhoff