[kads group="topo-1"]


DESAFIOS, QUEM NÃO OS TÊM?

Dizem que quando a situação está ruim é porque em breve vai melhorar… E lembramos-nos dessa frase quando estamos em crise e sem conseguirmos enxergar algo além do horizonte. Mas, a história da humanidade comprova que tudo tende a melhorar e evoluir quando parece não haver vislumbre da tal luz no final do túnel. O ser humano necessita aumentar a sua fé em si e em Deus para perceber a sua capacidade de enfrentar desafios. A única coisa que não tem solução é a morte do corpo físico. Então, qual o motivo de nos desesperarmos constantemente perante a vida e seus caprichos?

O ser humano enfraquece quando só enxerga o próprio umbigo deixando de observar o seu próximo e suas dificuldades. É como se o mundo e todas as pessoas que o habitam servissem ao ego dessa criatura. O despertar do egocêntrico chega quando ele percebe que o mundo e as pessoas seguem a vida independente das suas dores. A evolução espiritual tem seus caminhos e o estopim que desencadeia o despertar do espírito para a vida real. É preciso viver com os pés fincados no chão e o espírito alimentado com fé, virtudes, pensamentos positivos e tudo de melhor que há em nós para superar as dores do mundo.

Se observarmos o nosso planeta e a sociedade que nele habita, aprenderemos que todos têm o seu momento crucial de provas e expiações. Não há felicidade constante, pois somos todos náufragos em busca de abrigo. A nossa dor pode ficar imensamente pequena quando olharmos alguém ao nosso lado sofrendo com desafios maiores. O importante é mantermos a fé racional e equilibrada para que não nos deixemos perturbar com os desafios variados que surgem na vida. A mente desequilibrada traz sofrimento e pânico. A prece nos auxilia no equilíbrio da mente, ela também fortalece a nossa fé. Um ser humano de fé enxerga a dor alheia e sabe auxiliar sem reclamar, pois percebe que fazer o bem faz sua alma brilhar. Certamente, essa luz o ajudará na solução dos desafios de sua vida sejam eles grandes ou pequenos.

Compartilhe:

Sobre o Autor

Lucy Alves Tavernezi

Lucy Alves TaverneziFormada em Comunicação Social pela OSEC-SP; Participante de grupos de Estudos Espíritas na Sociedade Brasileira de Estudos Espíritas (SBEE).

Todos os Posts de: Lucy Alves Tavernezi