[kads group="topo-1"]


COLABORADORES DA PAZ

Por mais que deixemos de lado as notícias ruins vinculadas pelos meios de comunicação elas marcam cada um de nós negativamente. Algo estranho está transformando seres que pareciam pacíficos em verdadeiros assassinos e isso tem deixado a humanidade cada vez mais pobre de valores positivos. O que será que está acontecendo com os seres humanos? Por que tanta violência e ira descontrolada e voltada para os próprios irmãos de jornada?

É preciso avaliar o que cada um de nós tem feito para contribuir com a transformação positiva desse planeta. Somos todos irmãos, filhos do mesmo pai e necessitamos auxiliar uns aos outros para que a violência não envolva mais a nossa sociedade. Se não conseguirmos pensar em algo num primeiro momento, ainda temos o recurso da prece. Se em prece pedirmos a Deus que nos ilumine o pensamento e o coração, certamente conseguiremos muitas ideias boas para tirar as grades do medo e da violência de nossas vidas.

A transformação positiva começa em nossos lares. É preciso que a convivência no lar seja de amor, compreensão, paz, harmonia e que haja o bom senso de não julgar os que convivem conosco. O lar é a nossa primeira escola. Se nele houver a presença de Deus e a união de todos pelo amor certamente todos levarão isso para fora do lar e estarão contribuindo para um mundo melhor e mais humano.

E para que a convivência no lar seja abençoada precisamos em primeiro plano começar essa transformação dentro de nós. Quando aprendemos a nos conhecer enxergamos o nosso próximo com mais amor e respeito. O que também auxilia na transformação positiva nossa e de tudo a nossa volta é observar as qualidades do nosso próximo e olhar com atenção os nossos próprios defeitos. O olhar severo para nossas faltas e a indulgência para com o nosso próximo nos aproxima de Deus e nos faz colaboradores da paz.

Compartilhe:

Sobre o Autor

Lucy Alves Tavernezi

Lucy Alves TaverneziFormada em Comunicação Social pela OSEC-SP; Participante de grupos de Estudos Espíritas na Sociedade Brasileira de Estudos Espíritas (SBEE).

Todos os Posts de: Lucy Alves Tavernezi