[kads group="topo-1"]


CAMINHO DO BEM

Viver é algo tão fascinante e ao mesmo tempo tão impactante que nos perdemos nos caminhos que escolhemos trilhar. Por falta de maturidade e muitas vezes por não sabermos o que realmente queremos ser nessa vida estacionamos… A vida segue mesmo assim e deixamos de viver parte dela. Isso é algo comum nos dias de hoje, pois quando nos decepcionamos deixamos de seguir o nosso caminho. O nosso planeta não é um local de turismo e sim uma escola disciplinadora do espírito. Não podemos nos abater pelas dores e tristezas, pois a perda de tempo na pequena trajetória de vida do ser humano é algo inadmissível.

Ninguém sabe qual é o seu capital de vida, pois somente Deus tem esse controle. Sendo assim, cada minuto deve ser vivido intensamente e com alegria. Além disso, devemos ter uma atitude positiva perante as pessoas e os acontecimentos. De dor o mundo já está cheio. Cada pedaço desse planeta tem o seu momento de dor, tragédias e mortes. Não podemos nos deixar abater! É preciso disciplinar o espírito na dor e nos desafios para que ele possa agir quando todos estiverem estacionados pelo desespero e medo. Quando aprendermos a disciplinar o espírito nos tornaremos fortes para auxiliar a nós mesmos e ao nosso irmão em sofrimento.

O nosso espírito é luz e está desabrochando lentamente, mas é muito importante que saibamos buscar em Deus através da prece reconfortadora o início desse caminho de ordem e disciplina. Quando nos conectamos a Deus enxergamos o auxílio que ele envia através do nosso próximo, os quais trazem instruções de como poderemos nos tornar pessoas melhores a cada dia. As instruções muitas vezes chegam com alguns professores duros e egoístas, os quais nos desanimam… Mas, estamos na escola disciplinadora do espírito e temos que ver através dessas pessoas e buscar o que há de melhor nelas. Sabemos que somos todos irmãos e estamos na mesma sintonia de frequência do planeta, portanto se eu tenho algo de bom dentro de mim, o meu próximo também tem. O momento é de enxergar o bem através da lente do amor, pois a humanidade necessita recuperar a luz de sua alma antes que nos machuquemos ainda mais com o nosso egoísmo e vaidade. Viver bem, com qualidade de vida material e espiritual é nossa obrigação e compromisso conosco e com a humanidade. Viver bem, compartilhar amor, alegria, paz e fazer sempre o nosso melhor em qualquer circunstância é o início do caminho do bem.

Compartilhe:

Sobre o Autor

Lucy Alves Tavernezi

Lucy Alves TaverneziFormada em Comunicação Social pela OSEC-SP; Participante de grupos de Estudos Espíritas na Sociedade Brasileira de Estudos Espíritas (SBEE).

Todos os Posts de: Lucy Alves Tavernezi