[kads group="topo-1"]


As pessoas na minha vida

Uma orientação importante e antiga que temos é amar o próximo. E sabemos que este objetivo, apesar de ser óbvio e pertinente diante da lógica, é uma construção cotidiana e desafiadora. Assim, para nos capacitarmos melhor para vencer este desafio, cujos resultados são sempre benéficos, podemos nos cercar de instrumentos que nos ajudem nesta caminhada.

O pensar sobre a vida, sobre as coisas é, certamente, um poderoso instrumento… e quando o aplicamos em diferentes aspectos, vamos vendo o que antes não víamos. Por exemplo: qual o papel das outras pessoas na minha vida?

Eu seria o que sou hoje sem a participação de outras pessoas? Certamente não. A começar pelo fato de reencarnarmos através de irmãos que nos acolheram. E vale perguntar com quantos anos alcançamos a autonomia. Até essa idade fomos assistidos, cuidados, alimentados, orientados.

Também encontramos pessoas que nos informaram sobre diversos assuntos; foram os professores, foram os amigos, foram os colegas de trabalho, foram os desconhecidos que solidariamente compartilharam seu conhecimento e sua experiência em situações diversas.

Encontraremos muitos que não chegamos a conhecer, mas que se dedicaram a áreas do saber e do fazer que nos trouxeram segurança, conforto, liberdade, conhecimento, entre tantas outras coisas.

Encontraremos que nos ouviu… outros que nos disseram “gosto de você”. Também encontraremos quem nos desafiou, nos mostrou aspectos importantes a melhorar, e que com isso nos ajudaram no desenvolvimento de habilidades, na mudança de nossos referenciais e comportamentos.

E mesmo aqueles dos quais discordamos nos auxiliaram pelo confronto com o diferente, pela visão da alternativa, com a possibilidade de um outro caminho.

Sem dúvida sou mais em função dos outros. Portanto, eles, os outros, são valiosíssimos. E o que fazemos com o que é valioso? Cuidamos, expressamos respeito, consideração. Será que estamos fazendo essa expressão para com as outras pessoas, tão valiosas em nossas vidas?

Compartilhe:

Sobre o Autor

Nelson José Wedderhoff

Nelson José WedderhoffEngenheiro Eletrônico; Professor Acadêmico na Faculdade Doutor Leocádio José Correia (FALEC); Coordenador de Grupos de Estudos Espíritas; e Conselheiro Editorial da revista SER Espírita.

Todos os Posts de: Nelson José Wedderhoff